Oferta limitada!!!

Poética - Ana Cristina César

R$77,90

R$75,00

4% OFF
3x de R$25,00 sem juros
3% de desconto pagando com Pix (Depósito em conta bancária - Caixa Econômica)
Entregas para o CEP:

Meios de envio

  • Itiban Comic Shop Av. Silva Jardim, 845, Curitiba - Atendimento de Segunda à Sexta das 10:00 às 18:00 e Sábados das 10:00 às 17:00
    Grátis
Devolução
Produtos com defeito* poderão ser devolvidos ou trocados mediante disponibilidade em até 07 (sete) dias úteis.

Sobre o livro:

A obra lírica da musa da poesia marginal, reunida pela primeira vez em volume único.

Ana Cristina Cesar deixou em sua breve passagem pela literatura brasileira do século XX uma marca indelével. Tornou-se um dos mais importantes representantes da poesia marginal que florescia na década de 1970, justamente pela singularidade que a distanciava das "leis do grupo". Criou uma dicção muito própria, que conjugava a prosa e a poesia, o pop e a alta literatura, o íntimo e o universal, o masculino e o feminino - pois a mulher moderna e liberta, capaz de falar abertamente de seu corpo e de sua sexualidade, derramava-se numa delicadeza que podia conflitar, na visão dos desavisados, com o feminismo enérgico, característico da época.
Entre fragmentos de diário, cartas fictícias, cadernos de viagem, sumários arrojados, textos em prosa e poemas líricos, Ana Cristina fascinava e seduzia seus interlocutores, num permanente jogo de velar e desvelar. Cenas de abril, Correspondência completa, Luvas de pelica, A teus pés, Inéditos e dispersos, Antigos e soltos: livros fora de catálogo há décadas estão agora novamente disponíveis ao público leitor, enriquecidos por uma seção de poemas inéditos, um posfácio de Viviana Bosi e um farto apêndice. A curadoria editorial e a apresentação couberam ao também poeta, grande amigo e depositário, por muitos anos, dos escritos da carioca, Armando Freitas Filho. Dos volumes independentes do começo da carreira aos livros póstumos, a obra da musa da poesia marginal - reunida pela primeira vez em volume único - ainda se abre, passados trinta anos de sua morte, a leituras sem fim.

 

"Um texto ultrassintético, desdobrável em muitas leituras, mas nunca esgotável. Eu sou apenas um eterno deslumbrado com a poesia, a prosa e a pessoa da carioca." - Reinaldo Moraes, 1982

"Entre Ana e o texto, entre Ana e a vida, havia a elipse, o prazer do pacto secreto com seu possível interlocutor. A isso ela chamava 'páthos feminino'. Disso, ela fez seguramente a melhor e a mais original literatura produzida dos anos 1970." - Heloisa Buarque de Hollanda, 1984

"Ela não foi - ela fica - como uma fera." - Armando Freitas Filho, 1985

"Ana Cristina Cesar deixou uma obra poética absolutamente singular no panorama da literatura brasileira do século XX." - Joana Matos Frias, 2005

"Ana Cristina, assim como outros poetas de sua geração, debate-se com o agora." - Viviana Bosi, 2013

 

Sobre a autora:

Ana Cristina Cesar (1952-1983) nasceu no Rio de Janeiro. Formada em Letras pela PUC-Rio, mestre em Comunicação pela UFRJ e em Teoria e Prática de Tradução Literária pela Universidade de Essex, na Inglaterra, participou da antologia 26 poetas hoje (1976), organizada por Heloisa Buarque de Hollanda. Foi poeta, jornalista, tradutora e crítica literária.

 

Detalhes da edição:

autor: Ana Cristina Cesar

editora: Companhia das Letras

idioma: Português

páginas: 504

comprimento: 21,00 cm

largura: 15,00 cm

 

Compre e receba em casa

Entregas em Curitiba - Consulte via WhatsApp

Site seguro

Protegemos seus dados